DICAS PARA DESESTRESSAR

O Stress está cada dia mais comum na nossa realidade. Trabalho, casa, dinheiro, filhos, família… Parece impossível conciliar todas as responsabilidades da nossa atualidade. Mas você deve estar se perguntando: O que é, afinal, o stress?

O Stress é algo natural. É ele que nos ajuda a recuperar a estabilidade após uma mudança inesperada, ou uma situação de perigo. Esse stress é o que nos avisa que precisamos agir para preservarmos a nossa existência, fato que foi exatamente o que nos protegeu desde o tempo das cavernas para nos motivar para a caça, ou defendermos de um perigo na selva.

O problema é que a selva dos dias atuais em nada se parece com a de milhões de anos atrás. Hoje o perigo é iminente e contínuo. Nunca sabemos quando estaremos à salvo. Com tantas preocupações, o stress permanece por um longo período de tempo, e acaba evoluindo para um Stress Negativo, que nada mais é do que uma falha na tentativa de adaptação do indivíduo à uma situação que persiste incansavelmente. Se não for tratado, o stress pode evoluir e causar inúmeros danos à nossa saúde.

Baixa da imunidade, predisposição à fungos e bactérias, doenças autoimunes, enxaquecas e quadros depressivos são alguns exemplos de complicações geradas pelo stress. Um dos problemas comuns do Stress Negativo é o aumento do hormônio Cortisol, causando uma instabilidade hormonal que gera inúmeros malefícios para o funcionamento pleno do organismo.

Se você desconfia que está sofrendo de stress, procure um profissional para avaliação da gravidade do seu caso.  Agora, se você gostaria de prevenir, estabilizar, ou mesmo auxiliar o tratamento que está realizando, abaixo disponibilizo algumas dicas que você pode realizar para melhorar a sua qualidade de vida, e consequentemente mandar o danado do Stress embora! A dica é: aprender a soltar. Desapegue-se! Acalme a mente. Leve a vida mais leve…

Que sua vida seja abençoada! Namastê!

FABÍOLA CHAGAS – PSICÓLOGA – CRP 08/11316


ff80a92e363b6f7f9be1b7b5482aad7f

O QUE A COR DA SUA URINA QUER DIZER DA TUA SAÚDE?



086af7498af9fe7c1b4e8b277752bf15

Andamos sempre preocupados com as responsabilidades da vida, os compromissos, trabalho, filhos… Pouco paramos para prestar atenção nos sinais que o nosso corpo dá. E geralmente, quando começamos a sentir alguns sinais e sintomas, já existe uma doença instalada.

Por isso é muito importante desacelerar, acalmar a mente. Se você vive no stress do dia a dia e não acha importante parar para olhar para dentro e para fora de você mesmo, pare agora mesmo! Se custa caro um minuto do teu tempo, imagine ter que viver o tempo todo para consertar algo que poderia ser evitado.

Um dos sinais que o nosso corpo dá é a cor que está a nossa urina. Você já parou pra pensar que uma urina escura pode ser um primeiro sinal de que algo no seu corpo não está bem?

Para isso, encontrei por aí (na internet) esse gráfico que demonstra variações das cores, e que você poderá se beneficiar para aumentar o sua consciência do que precisa ser mudado – antes que seja tarde demais…

Se você notou alguma alteração em sua urina, nem pense em tomar aquela medicação que a amiga da amiga da sua tia lhe indicou. Nem aquele chazinho que vendem na lojinha da esquina ou que sua avó tem no quintal de casa (e não estou me desfazendo do benefício das ervas naturais, só afirmo que quando pode haver uma doença já instalada o tratamento medicamentoso necessita de intervenção mais agressiva). O ideal sempre é procurar um médico de sua confiança.

Dica de especialista: Para qualidade de vida, diminua o ritmo. Pare um pouco. Desacelere. Leia um livro. Medite. Encontre os amigos. Brinque com os seus filhos. Ame seu corpo. Sorria… O tempo passa tão rápido. A vida é para ser vivida com intensidade e muito amor…

Namastê!

Fabíola Chagas – Psicóloga – CRP 08/11316

COMO LIDAR COM OS MEDOS INFANTIS DE SEU FILHO?

Todos nós temos medo de algo. Seja um animal ou de uma situação em questão, o medo muitas vezes paralisa. E o medo é ainda mais assustador quando somos crianças.

As crianças estão inseridas em um mundo adulto. Você já imaginou como é olhar o mundo através dos olhos de uma criança? Um mundo ameaçador, de gigantes que nos protegem, mas muitas vezes nos causam insegurança… E não há outra opção a não ser confiar neles.

Por estarem inseridos num mundo desconhecido e muitas vezes inseguro, é muito comum crianças apresentarem medos quando estão longe da proteção de um adulto. Mas o que fazer para deixar as crianças mais seguras e aprenderem a lidar com seus medos e angústias?

A primeira coisa é jamais subestimar o medo da criança. Dizer que monstros não existem, ou que não tem nada no escuro somente vai aumentar a sua angústia. Ela precisa de segurança, e é muito mais coerente embarcar na fantasia dela. Colocar um bicho de pelúcia para protegê-la, ou levá-la até o armário para trancar o monstro por precaução pode ser uma boa estratégia.

E por falar em estratégia, não adianta acalmar a criança a noite, mas assustá-la durante o dia. Você precisa ter coerência nas suas atitudes.

Levar a criança para sua cama parece mais fácil, mas isso não é recomendado. Ela precisa aprender a lidar com seus medos para se sentir mais segura e desenvolver a independência.

Se a rotina da família precisar ser mudada em função dos medos de seu filho, convém consultar um especialista. O que define o que é medo e o que é fobia depende de cada criança. Geralmente os medos permanecem por algum tempo, porém se persistir ou começar a aparecer somatizações através de sintomas físicos os pais devem se manter em alerta.

Os medos são particulares de cada indivíduo, porém alguns são comuns em cada fase do desenvolvimento. Abaixo, alguns dos medos mais comuns apresentados de acordo com a idade.

b13d8d3ff1e9ef46b1870804be0070ba

Em caso de dúvidas, procure ouvir a opinião de um especialista.

FABÍOLA CHAGAS – PSICÓLOGA – CRP 08/11316

DICAS PARA LEVAR UMA VIDA MAIS FELIZ

Encontrei por aí essas dicas que considerei de grande utilidade para o dia a dia. São coisas simples que fazem a diferença, e nos ajudam a manter a leveza em nossa existência. Vale a pena até imprimir e deixar numa área visível da sua casa ou trabalho. Pensar e fazer coisas boas elevam

asvibrações de sua energia e atraem coisas boas.

Que tal começar agora?

dicas-de-vida

Enjoy!

Fabíola Chagas – Psicóloga – CRP 08/11316

A LEI DO RETORNO – Ou de Causa e Efeito

VOCÊ ACREDITA NOS EFEITOS DA LEI DO RETORNO? OU ACREDITA MESMO NA SORTE?

Cada vez mais acredishutterstock_229039786to nos efeitos das Leis do Universo. A Lei do Retorno, ou de Causa e Efeito é uma dessas leis. Ela é fácil de explicar, mas bem difícil de entender. É simples: Tudo o que vai, volta. Clichê, porém “tão certo quanto o calor do fogo” (referenciando a música FOGO, interpretada pelo Capital Inicial). E não é depois, não. O que se faz, se recebe na hora. Aí não entendemos, por exemplo, o porque que certas pessoas tem as coisas que deseja de uma maneira tão fácil, e outras coitadas, são tão sofridas e vitimizadas.

Algumas pessoas simplesmente ignoram que o que lhes acontece é consequência das próprias atitudes, e atribuem tudo à “má sorte na vida”. Pensando assim, nada fazem para tentar mudar. Aí se sentem frustradas, deprimidas e desmotivadas. Nenhuma auto análise, nenhuma introspecção, nenhuma mudança de pensamento e comportamento.  E o resultado? Os pensamentos não mudam, o comportamento se repete, e a consequência obtida é sempre a mesma.

Nem sempre é fácil adquirir a consciência de quais atitudes nossas está causando essas consequências. Mas se você não gosta do que está recebendo, se atente ao que está emitindo. Qual sua postura diante do mundo? Você age respeitando as outras pessoas, através do amor e compreensão, ou está sempre querendo tirar vantagem em seu próprio favor? Qual comportamento seu está expondo a fragilidade do outro?

E antes mesmo que alguém diga que não acredita em misticismos, informo que a Lei do Retorno é uma das leis da física, também chamada de O Princípio de Newton ou Lei da Ação e Reação. Ela afirma que “uma força não pode exercer uma ação, sem, no mesmo instante, gerar uma reação igual e diretamente oposta”. Ora, se tudo no universo funciona em sincronia, desde os átomos até os corpos celestes e obedecem à uma ordem precisa, se tudo no universo flui, se tudo é causa e efeito, porque não faríamos parte desta sincronia?

Deixo então aqui minha contribuição para o universo, e espero que você possa usar esses ensinamentos para melhorar a sua vida. Desejo muita luz, paz e amor pra você!

Gratidão!

FABÍOLA CHAGAS – PSICÓLOGA – CRP 08/11316

o-karma-e-as-linhas-da-acao-e-reacao-aloq-1900x700_c-1030x379

TÉCNICAS DE PROJEÇÃO – Sobre o desenho de uma criança

O objetivo está longe de ser o de julgar a estética do desenho reproduzido em atendimento, muito menos fazer uma análise psicológica profunda do caso. Mas sim de demonstrar os mecanismos usados para comunicação dos conflitos psicológicos apresentados pela criança que são denunciados através do desenho.

Para preservar a identidade da criança, vou chamá-lo de João. Onze anos, queixa inicial de encoprese apresentada há oito meses, dois meses depois da separação dos pais. A mãe relatou em entrevista inicial de anamnese que seu filho estava demonstrando agressividade com os colegas na escola, e seu sono estava agitado nos últimos tempos. Segundo relatos da mãe, o pai tinha uma personalidade agressiva principalmente quando fazia uso de bebidas alcoólicas, e que os tempos passados não tinham sido fáceis.

Nas sessões de psicoterapia, João demonstrou como característica principal uma fantasia excessiva, o que não condiz com a idade em que se encontra o seu desenvolvimento. Pode-se perceber, que o uso da fantasia as vezes é usado como uma fuga da realidade, ou seja, quando a realidade se encontra tão difícil de ser encarada e vivida, e é usada então como escape ao sofrimento mental. A saída então é fantasiar uma realidade diferente da que está vivendo no momento para buscar alívio e satisfação em outro lugar. Esse é um dos mecanismos de defesa do ego, propostos pela psicanálise, e é usado tanto por crianças como por adultos com dificuldade de ajustamento ao mundo real.

Após algumas sessões de acompanhamento psicológico, João reproduziu o seguinte desenho como técnica projetiva, e relatou sobre o que desenvolveu:

06-09-2016
“-Rua sem rumo. Em cima da rua é a fantasia. Em baixo da rua é a realidade. Essa rua não tem começo e não tem fim…”

“-Rua sem rumo. Em cima da rua é a fantasia. Em baixo da rua é a realidade. Essa rua não tem começo e não tem fim…”

João percebeu o que estava acontecendo, e reproduziu o que sentia em seu desenho.  Esta rua está sem rumo, justamente como ele se sente no momento. Esta rua é o limite entre a fantasia e a realidade, exatamente como ele se encontra no momento. Nesta reprodução, João demonstra o quanto está se sentindo perdido e inseguro. Não sabe de onde veio, e nem onde vai chegar.

Apesar do material reproduzido aparentar ser um indício de que o estado emocional da criança não está bem no momento, esta já demonstrou evolução desde o seu estado emocional inicial. No início do acompanhamento, João estava vivendo totalmente na fantasia, e fazia uso frequente também do mecanismo de fuga como defesa do ego.  Hoje, João já tem consciência de duas perspectivas vivenciadas: realidade e fantasia. O trabalho que se segue de agora em diante pretende ajudar a criança a encontrar e aceitar a sua realidade, o que possivelmente irá trazer consciência dos motivos de suas atitudes  agressivas, e buscará acompanhar e direcionar a evolução dos sintomas gerados pelos conflitos familiares pelos quais a criança passou e não conseguiu elaborar. O acompanhamento de João não tem previsão de alta psicológica como na maioria dos casos acompanhados, pois a evolução e melhora dos sintomas vai depender do ritmo individual e pessoal de cada caso acompanhado.

FABÍOLA CHAGAS – PSICÓLOGA – CRP 08/11316

 

Sobre intuição…

Uma das coisas que tenho percebido ultimamente são as sincronicidades da vida. Você sonha com algo durante a noite, passa por uma situação parecida durante o dia, e a noite acontece outra situação relacionada. E não, eu não acredito no acaso. Tudo é sincronia. Sabe o que isso significa? Que nada, absolutamente nada está no lugar e no tempo errado. Tudo está exatamente onde deveria estar…

Há algum tempo tenho me interessado por mecânica quântica, psicologia analítica e meditação, embora desde sempre tive admiração pelo povo e sabedorias orientais. Mas a meditação definitivamente teve um papel decisivo na minha vida. A meditação me fez entrar em contato com a parte mais profunda do eu, me fez olhar para dentro e acalmar o coração. E o resultado? Uma percepção sensorial muito mais profunda, que tenho percebido como intuição.

A intuição é uma maneira de conexão com o universo. Lembram da febre do filme e livro “O Segredo”? Pois é. Hoje isso faz mais sentido para mim. É lógico que na época foi exibido de uma maneira excessivamente sensacionalista, mas tem lá o seu fundo de verdade. Você não atrai o que você pensa, você atrai o que é!

A sincronia do universo é perfeita. Por que aqui seria diferente? Tudo está exatamente no seu lugar. Exatemente no seu tempo certo. Não existia outro jeito de fazer. E não tem nada de misticismo não, gente. É física, ciência, assim como as ondas do celular que você usa, como as ondas da TV. Assim são as ondas do seu pensamento também. Ou vai dizer que não acredita nas ondas do rádio?

Se você quiser saber mais sobre Mecânica Quântica (já que não sou expert no assunto), recomendo assistir os vídeos do Professor Hélio Couto. Foi por aí que expandi meus conhecimentos sobre o assunto e comecei a compreender os aspectos energéticos do nosso corpo e mente;

Entre em sintonia com o amor. Expanda a sua consciência. Medite! E deixe a sua intuição fluir…

Paz, Amor e Luz pra você!

Fabíola Chagas – Psicóloga – CRP 08/11316

ANALOGIA – Para refletir…

 

 

confinaca-inveja

 Ninguém inveja o feio, nem odeia o fraco. Não é o que você tem de bens materiais que desperta inveja nas mentes mais fracas, e sim essa tua luz própria que você emana é que cega os olhos de quem não consegue recarregar as suas forças sozinho. Não importam os problemas que você enfrenta, e sim o olhar que você dá para aquela situação. E por mais difícil que seja o que você está passando no momento, sempre há um aprendizado. E talvez agora você não veja um porque daquela “pedra” estar no seu caminho, mas um dia você vai entender que nada nesta vida é por acaso, e vai saber exatamente o que de bom aconteceu depois disso. Tudo é sincronia, tudo nesta vida flui, assim como a água flui de uma fonte. Não resista, apenas aceite e agradeça. Pois a natureza é tão eficiente professora, que enquanto você não aprende uma lição ela vai se repetir, até você finalmente aprender. E ainda, se você não gosta das atitudes de alguém para com você, olhe para dentro de si mesmo, e busque no seu íntimo que atitudes suas tem exposto as fragilidades do outro, a ponto dele se posicionar na defensiva contra você. Se não sabes ainda, o ataque é sim uma reação de defesa. Pois sempre por trás de uma atitude exagerada, sempre existe escondida uma base frágil e insegura. Portanto, levante a cabeça e siga em frente. Se um conflito chegou até você, é porque você tem condições de resolvê-lo. E que de hoje em diante os problemas vividos nos sirvam de degraus a serem percorridos rumo ao nosso próprio sucesso!

♥Luz, paz e amor pra você! ♥

Fabíola Chagas – Psicóloga – CRP 08/11316